DIVULGAÇÃO - MARÇO 2020|#1

---

APRESENTAÇÃO

---
---

2.º Congresso do EAE


Desde a sua criação legal em 1983 (DL n.º 310/83, de 1 de julho), o Ensino Artístico Especializado tem vindo a desenvolver-se como uma modalidade de educação, mas nas margens do sistema de ensino. No ano escolar 2008/2009, houve um aumento significativo do número de alunos que frequentam esta modalidade de ensino, resultado de uma aposta política no seu desenvolvimento. Simultaneamente, houve alterações significativas no modo de financiar esta oferta que potenciaram a estabilidade e previsibilidade, permitindo às escolas focar-se no essencial: a aprendizagem e o ensino especializado das artes.

Neste contexto, o 2º Congresso do Ensino Artístico Especializado - Teoria e Prática convoca as instituições de ensino artístico especializado, do básico, secundário e superior, para se encontrarem, procurando alcançar um equilíbrio entre a teoria e a prática, promovendo e aprofundando a articulação entre o conhecimento produzido nas instituições do ensino superior e as ações desenvolvidas nas instituições do ensino básico e secundário. Acreditamos que teoria e prática devem andar de par em par, num esforço de melhoria contínua do ensino artístico especializado. Pretende-se dar a conhecer aos docentes do EAE no básico e secundário o que está a ser feito na academia e, à academia, quais são as dificuldades e necessidades do dia-a-dia naqueles níveis de ensino. Consequentemente, haverá momentos conceptuais – conferências e sessões científicas - e momentos operacionais – sessões de debate livre, painéis de discussão e apresentações de práticas. Nas sessões científicas, investigadores irão apresentar os resultados da sua pesquisa. Nos painéis de discussão, especialistas convidados irão discutir matérias concretas. Nas apresentações de práticas, serão apresentadas e discutidas práticas letivas concretas. Este ano, criámos um momento novo: os debates livres. Este serão espaços temáticos em que os participantes poderão debater entre si, com a mediação de um moderador.

---

ORADORES

---

Philippe Dalarun

Diretor do conservatório, maestro e violinista, Philippe Dalarun conduz estudos musicais e gerais até à classe literária preparatória. Mantendo esse gosto por uma cultura humanista, ele decide viver plenamente a sua paixão pela música. Formado na École Normale de Musique e no Conservatoire Europe de Musique de Paris, obteve o diploma de professor de violino e depois dois Certificados de Aptidão, incluindo o de diretor de conservatório com influência regional ou departamental. De 1988 a 1999, ensinou violino no Conservatório Nacional da Região de Boulogne-Billancourt, e depois tornou-se diretor do Conservatório de Taverny, pelo qual obteve em poucos anos uma classificação pelo Estado. É também o fundador e diretor musical do Ensemble Orchestral de Taverny, um grupo de treinamento profissional formado em torno dos professores do Conservatório Jacqueline-Robin. Vice-presidente da Federação Francesa de Educação Artística (FFEA), foi eleito em maio de 2018 presidente da União Europeia de Escolas de Música (UEM), uma organização com sede em Berlim e que reúne 6.000 estabelecimentos, 150.000 profissionais e 4 milhões de estudantes na Europa. Com sua experiência e seu conhecimento do campo, ele defende há muitos anos a causa da educação artística a nível nacional e europeu e cuida, no âmbito das suas responsabilidades, de conciliar requisitos artísticos e abertura ao público mais amplo.

---

José Pedro Serra

José Pedro Serra – Licenciou-se em Filosofia, em 1980, na Faculdade de Letras de Lisboa. No mesmo ano terminou o 5º ano do Curso de Teologia na Universidade Católica. Em 1989 obteve o grau de Mestre em Literatura Grega na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e em 1999 obteve o grau de Doutor em Cultura Clássica na mesma Universidade. É professor catedrático no Departamento de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Actualmente é o Director da Biblioteca da mesma instituição. Coordena a linha de investigação sobre Matrizes Clássicas e Cultura Europeia.

Principais Publicações:

• Pensar o Trágico. Categorias da Tragédia Grega, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 2006.

• Cassandra ou a voz da maldição”, in: José Ribeiro Ferreira (org.), Labirintos do Mito, Coimbra, 2005, pp. 129-136.

• A Antiguidade Clássica e os tremores de terra: mythos e logos'”, in: Helena Carvalhão Buescu/Gonçalo Cordeiro (coor.), O Grande Terramoto de Lisboa. Ficar Diferente, Lisboa, 2005, pp. 109-136.

• “A teia de Penélope”, in: Maria Luísa Ribeiro Ferreira (org.) As teias que as mulheres tecem, Lisboa, 2003, pp. 17-26.

• “Tragédia, Liberdade e Necessidade”, in: Communio, XIX, 2002, pp. 366-377.

• “Do Gesto ao Silêncio: Ésquilo e a Herança Trágica”, in: Maria Fernanda Brasete (coord.), Máscaras, Vozes e Gestos: Nos Caminhos do Teatro Clássico, Aveiro, Universidade de Aveiro, 2001, pp. 39-49.

• “Do olhar não inquieto do herói”, in: Inquietação Humana e Fé Cristã, Lisboa, 1996, pp. 95-117. 

---

PAINÉIS

---

Painéis de Discussão

Os painéis de discussão irão desenvolver-se em espaços diferentes, cada um com uma temática e com oradores especialistas na temática em discussão.

Painel de discussão 1 - Teoria e prática: Percursos e vivências de diplomados pela Escola Superior de Dança

Painel de discussão 2 - Projetos de internacionalização no EAE

Painel de discussão 3 - Educação inclusiva no EAE

Painel de discussão 4 - Avaliação de alunos

---

Apresentação de Práticas

Neste momento serão apresentadas as práticas desenvolvidas nas escolas do ensino artístico especializado, estando agrupadas em três temas na área da música e um grande tema na área da dança. 

Apresentação de práticas 1 - Didática da Disciplina

Apresentação de práticas 2 - Inovação Pedagógica

Apresentação de práticas 3 - Contributo da Análise Musical para a Formação do artista

Apresentação de práticas 4 - Práticas da Dança

---

Sessões Científicas

Estas sessões são coordenadas pelos parceiros do Ensino Superior e terão por base as candidaturas apresentadas para comunicações. A estas comunicações serão acrescentados outras comunicações cientificas consideradas relevantes pelas Instituições de Ensino Superior

Sessão científica 1 - Universidade de Évora

Sessão científica 2 - Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo - IPP

                              - Faculdade de Motricidade Humana - UL

Sessão científica 3 - Universidade de Aveiro

Sessão científica 4 - Universidade do Minho

---

DEBATE LIVRE

---

Este bloco de debates pretende criar uma discussão livre dos temas propostos. Este Congresso pretende também ser um ponto de encontro de opiniões e recolha de experiências, pelo que este momento será o de participação ativa por parte dos Congressistas. 

Estas sessões não terão painel constituído, sendo um debate livre apenas auxiliado por um moderador. Serão criados quatro grupos com um tema definido para a discussão.  

Pretende-se recolher e sistematizar as opiniões apresentadas por forma a apoiar o trabalho desenvolvido pela AEEP.

Habilitação de Docentes

Relações Laborais no EAE

Avaliação Externa  de Alunos no EAE

Repertório de Música Contemporânea no EAE

---

ORGANIZAÇÃO

---

Organização

• Associação dos Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP)


Parceiros do Congresso

• Escola Superior de Dança – Instituto Politécnico de Lisboa

• Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo – Instituto Politécnico do Porto

• Faculdade de Motricidade Humana - Universidade de Lisboa

• Universidade de Aveiro

• Universidade de Évora

• Universidade do Minho


 Apoio

• Fundação Calouste Gulbenkian


 Comissão Organizadora

• Luís Virtuoso

• Rodrigo Queiroz e Melo

• Henrique Lobo Borges

• Pedro Figueiredo

• Filipe Vieira

• Romeu Veloso

• Carlos Pinto da Costa


 Comissão Científica

Dança:

• Ana Silva - Escola Superior Dança - IPL

• Cláudia Oliveira – Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo - IPP

• Daniel Tércio - Faculdade de Motricidade Humana - UL

• Rodrigo Queiroz e Melo - AEEP

• Vanda Nascimento - Escola Superior Dança - IPL

Música:

• Ana Telles – Universidade de Évora

• Ângelo Martingo - Universidade do Minho

• Paulo Perfeito – Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo - IPP

• Rodrigo Queiroz e Melo - AEEP

• Sara Carvalho – Universidade de Aveiro

---

INSCRIÇÕES

---

Inscrição em Grupo AQUI  (permite inscrição até 15 participantes)

          

         Escolas Associadas da AEEP - € 200,00

         Não Associados da AEEP - € 400,00


Inscrições individuais AQUI

           

         Inscrição Associado AEEP ou Parceiro do Congresso - € 25,00

         Inscrição individual - € 35,00 

---
---